Campanha sobre trabalho infantil: novas ações

February 4, 2016

 

Está em pleno andamento a nova campanha sobre trabalho infantil promovida pelo Tribunal Superior do Trabalho, com o slogan Trabalho infantil. Você não vê, mas existe. De iniciativa do Programa de Combate ao Trabalho Infantil da Justiça do Trabalho, a campanha pretende desconstruir mitos – mostrando que não é o trabalho precoce que garante futuro, mas, sim, a educação – e contribuir para uma mudança de cultura, divulgando que o trabalho infantil existe e precisa ser eliminado, para que as crianças possam apenas brincar e estudar.

 

Tendo como público-alvo os cidadãos brasileiros, a campanha foi dividida em três etapas, de modo a motivar reflexões sobre o problema por diferentes perspectivas.

Na primeira etapa, são retratadas três das piores formas de trabalho infantil (em carvoarias, doméstico e em lixões), mostrando que a realidade de exploração de mão de obra de crianças e adolescentes está mais perto das pessoas do que imaginam. Na segunda etapa, os principais mitos são desconstruídos com dados concretos que mostram os malefícios do trabalho na infância. Encerrando a campanha, a última etapa busca incentivar as crianças para uma nova realidade, valorizando o direito à infância.

 

Já foram lançados vários vídeos da campanha. O sexto e último, que começou a ser veiculado em rede nacional no último dia 19 de janeiro, reforça que toda criança merece ser criança, e tem direito a brincar e estudar. Mas, infelizmente, o cenário atual é bem diferente: segundo dados recentes do IBGE, mais de três milhões de crianças e adolescentes são vítimas do trabalho infantil no Brasil. Nos últimos cinco anos, 12 mil crianças sofreram acidentes de trabalho e 110 morreram. E pesquisas confirmam que 90% das crianças que trabalham abandonam a escola ou apresentam defasagem escolar.

 

Acompanhe a campanha pelas redes sociais (facebook.com/TSTJus) e pela página do TST: http://www.tst.jus.br/web/combatetrabalhoinfantil

 

Palestra

 

Desde 2012, o Programa de Combate ao Trabalho Infantil do TST vem se engajando na luta para mudar essa realidade. Além de promover estudos técnicos, seminários, debates e publicações, o programa já contou com a parceria de personalidades e instituições, como o Instituto Neymar Jr., a Maurício de Souza Produções e as empresas de aviação TAM e Azul, com ações de marketing de grande repercussão social.

 

E, na manhã desta quarta-feira (27), o indiano Kailash Satyarthi, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2014, esteve em São Paulo-SP (na Fecomércio) para discutir sobre trabalho escravo e exploração de mão de obra infantil. O objetivo é promover um diálogo sobre os mecanismos de proteção e libertação de vítimas das formas contemporâneas de escravidão e de trabalho infantil. No dia 2 de fevereiro, às 14h, será a vez de o TST receber a palestra, na sede do tribunal, em Brasília-DF.

 

Durante a sua trajetória, além de liderar o resgate de milhares de crianças, o ativista desenvolveu um modelo eficiente para educação e reabilitação das vítimas. Por sua história de dedicação à causa, em 2014 recebeu o Nobel, juntamente com a militante de direitos humanos paquistanesa Malala Yousafzai.

 

http://www.trtsp.jus.br/indice-noticias-em-destaque/20036-campanha-sobre-trabalho-infantil-novas-acoes

Please reload

Featured Posts

Folha de Pagamento: Empresas Podem Reduzir a Contribuição Previdenciária

November 24, 2015

1/2
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Alameda Santos, 1165, Cj. 13, Jardim Paulista, São Paulo, SP, CEP 01419-002

contato@macam.adv.br | Tel +55 11 4063-2275

©2013 por Marino & Calil Sociedade de Advogados

  • LinkedIn Basic Black
  • Facebook Basic Black